quinta-feira, 10 de maio de 2012

E, enquanto te vejo adormecer recordo todos os dias
que te vi acordar... E lembro-me de todos os momentos
que foram nossos e agora podem voltar a ser... E tu, tu
estás a dormir do meu lado da cama, para não variar...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Às vezes dá aquela vontade muito miudinha de desaparecer... Desaparecer porque nos resta nada... Não há esperança, não há mais caminhos, não...