Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2012

Magia

E no Natal é tudo muito mais mágico e no Natal, apesar dos dias cinzentos, tudo parecer ter mais cor, e no Natal queremos e gostámos de ver todos à nossa volta bem, gostámos de ajudar os necessitados, e no Natal queremos estar perto dos que gostámos e fazemos questão de lhes dizer o quanto nos são importantes, e no Natal sentimos ainda mais a falta dos que cá não estão, e no Natal toda a gente é mais feliz. Ora portanto , e a ter em conta o facto de não acreditar em magia e de que as prendas não mais são que pequenas surpresas, parece-me uma questão de espírito, de motivação, de vontade. Só vos deixo um desejo neste Natal, que seja Natal todos os dias, porque só depende de vocês!! Feliz Natal!

Natal

"É Natal, é Natal


Tudo tem mais luz

É Natal, é Natal

Já nasceu Jesu…

Oooh diacho! Mas o que é que isso tem a ver com o Natal?

Boa pergunta! Vamos ver.

Reza a lenda que neste dia nasceu Jesus, filho de Maria

E filho de José… Bem, filho, FILHO, não é

Mas ele gostava muito do menino

Pois era filho do Espírito Santo, era obra divina.

Seguindo a estrela guia iam 3 Reis magos

Trouxeram prendas para celebrar com alegria

E desde então as comemorações duram 90 dia… Não! Não é.

Vamos então voltar ao raciocínio. O Natal é tempo de paz e alegria e nada melhor do que demonstrar isso, num ambiente onde impera o espírito consumista, em tempo de crise, onde as pessoas podem passear em frente a vitrinas, ver tudo o que não podem comprar e evitam desejar. É deixar as compras para o fim só para poderem apreciar aqueles momentos especiais em que estão entre estranhos a acotovelarem-se para conseguir comprar aquela última prenda que tem mesmo de ser, sendo garantido que quem a receber vai dizer com …

À cabra cega

O tempo, esse sim, é uma coisa que me faz confusão e o facto de ter a plena noção que nunca o conseguirei controlar assusta-me um bocadinho... É como se caminhasse em direcção a um futuro desconhecido, sem saber se lá chegarei... O tempo tira-me a vontade, eu até quero ir, mas nunca sei se vou a tempo... E nunca sei se, ao ir, não vou apenas perder mais tempo. E acabo por ficar por não querer perder o tempo ao voltar. A sensação de que o tempo se nos foge dá-nos vontade de fazer tudo, viver intensamente cada momento, para que "amanhã" não me possa arrepender do que não fiz. Ao querer fazer tudo, acabas por te dar conta que não estiveste em nada inteiramente, passaste a correr por uma vida que tinha muito mais a dar-te que apenas uma corrida em direcção ao fim. E esse fim pode não ser uma meta e podes não ter um prémio à chegada. O fim pode representar o arrependimento, porque nem em todas as corridas se deve chegar rápido, há corridas onde o importante é ir devagar, vislumbr…