terça-feira, 30 de abril de 2013

Tivesse o meu mundo sido construído fora de ti,
tivesse eu perdido a oportunidade de te ver sorrir
em dias de chuva, tivesse eu desistido de perceber
essa tua vontade inacabável de tentar e arriscar,
tivesse eu não compreendido o teu sim escondido,
tivesse eu abandonado o que de melhor havia em
nós e jamais teria saboreado a tristeza. Essa doce
tristeza que me faz perceber que o paraíso, não
foi afinal uma invenção de homens sem esperança.

Sem comentários:

Enviar um comentário