segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Silêncio, que se vai ficar calado

Diz-se muito, ainda, daqueles que dizem pouco. Talvez porque confunda as pessoas haver alguém que não tem sempre de dizer alguma coisa. As pessoas habituaram-se de tal forma a ouvir sempre a mesma coisa que não aceitam o silêncio dos outros. Pelo contrário, olham para ele com um certo receio. Ainda acerca do silêncio ou do falar demais tenho a dizer que...

2 comentários:

  1. Que receio:) (já não bastava a desconfiança por teres nascido 2 meses antes de Novembro!:))

    ResponderEliminar
  2. Vá, não tenhas, eu por acaso não fico muito tempo calado ;) Já me chega ter nascido numa altura estranha ;)

    ResponderEliminar