quarta-feira, 15 de maio de 2013

Fantasmas

Há aqueles que dizem não acreditar em fantasmas, que são completamente cépticos relativamente a esse assunto! Esquecem-se porém de todos os fantasmas assustados, que vão alimentando cegamente, a cada opção que é tomada. A cada escolha, deixámos um pouco de nós, e vamos alimentando esse ser inexistente, com arrependimento, com um bocadinho de vontade de voltar atrás, com um "ai se eu tinha feito isto ou aquilo". E muitos desses, que não acreditam em fantasmas, um dia, vão ver-se atropelados por eles, completamente cilindrados, destruídos, possuídos.

4 comentários:

  1. Como estou de acordo com a tua ideia! Independente de serem muitos ou poucos, assumirmos os nossos fantasmas é meio-caminho andado para sustentarmos o nosso equilíbrio interior... digo eu, que nada sei. :)

    ResponderEliminar
  2. Eu pelo sim pelo não, vou correndo rápido, só para tentar não ser atropelado ;) Digamos que ainda não tenho a "força" para os enfrentar... Mas, talvez um dia destes, talvez, decida assumi-los e enfrentá-los. Beijo *

    ResponderEliminar
  3. Ou podem fugir de encontro à loucura...:)

    ResponderEliminar
  4. Foi um jeito simpático de me chamares louco, não foi ? =p

    ResponderEliminar