quarta-feira, 29 de maio de 2013

"Deixemos as mulheres bonitas aos homens sem imaginação"

Diz-se daquelas pessoas que passam muito tempo perdidas pelo mundo criado e inventado que nunca hão-de ter os pés no chão. Esses que dizem podem, pelo meio do julgamento, esquecer-se que a imaginação permite a quem sabe usá-la criar uma realidade empolgante, conseguem viver fora da monotonia que assola uma parte do mundo, podem voar sem asas, nadar em poçinhas de água, podem correr sentados, viajar parados, mas pelo menos nunca hão-de viver como mortos por morrer. Esses, os que imaginam nunca se vão cansar de viver, mesmo quando lhes custa respirar, esses, ao contrário dos outros, vão respirar vida até à morte e não serão como os que não sabem imaginar que respiram morte enquanto vivem.

2 comentários:

  1. Gostei! Acho que sendo assim vivo muito, talvez até viva demasiado...

    ResponderEliminar
  2. Viver demasiado é bom ;) Acho que estás a viver o suficiente...

    ResponderEliminar