sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Imprecisos

(Da noite, há.de sempre nascer um novo dia.
E estranho é sonhar contigo de dia e querer esperar
por ti de noite; É um querer tanto que até alivia,
quando o acertado seria esquecer-te até te amar.)

E se só o amor chegasse, dar-te-ia o paraíso
e a vida mais não seria, para nós, que mais um fim.
Mas como ninguém o coração comanda, enfim...
mais não seremos que mais um amor impreciso.

Sem comentários:

Enviar um comentário