sexta-feira, 16 de agosto de 2013

O deixar de acreditar

Deixámos de acreditar. Começamos a desconfiar que tudo mais não será que uma mentira bem arquitectada. Se somos felizes, queremos não acreditar, só para não cairmos mais uma vez. Não queremos voltar a ser enganados com histórias perfeitas. E julgámos que a culpa é nossa, que devíamos voltar a acreditar... A viver com a intensidade de sempre, sem medo que a maior mentira de todas esteja a ser construída naquele ou neste momento. Recusámos ser felizes porque já nos mentiram muito, acreditar é difícil. Mas a culpa até nem é nossa... Começam logo a mentir-nos com o pai natal, a fada dos dentes e o peter pan! E depois ainda nos atiram com todos os super heróis para cima, para nos continuarem a fazer acreditar que os outros são melhores e até têm mais capacidade que nós. E no fundo... Eles não existem... E somo só "nós", com todos os nossos defeitos a ter de acreditar em pessoas com outros tantos defeitos. E é difícil.

1 comentário:

  1. mas devemos acreditar em algo, ou em alguém.
    porque não em nós ?
    bom fim de semana.
    beijo

    :)

    ResponderEliminar