segunda-feira, 1 de julho de 2013

Praia

Acabaste por ter de ir... Bem sei que a tua vontade teria sido ficar, se não fosse tanta a vontade de ir. Agora a casa que um dia foi nossa está igual. A praia que um durante tanto tempo se nos pôs à frente continua ali, à distância dos mesmos passos. O mar, aquele que durante tantas noites nos beijou o sono, que nos embalou em noites quentes, continua ali, a beijar a praia como se fosse partir para sempre, mesmo sabendo que não vai sair ter de ir, pelo menos todo, ou inteiro. Só faltas tu e sem ti tudo não passa de mais uma praia.

Sem comentários:

Enviar um comentário