terça-feira, 26 de junho de 2012

Por muito que fujas, por muito que te escondas, por muito que evites... O teu passado está ali... A cada passo que dás em direcção ao futuro... E se não viveres com ele, todos esses passos serão em vão porque ficas com a certeza de que tens de voltar cá atrás para fazer as pazes... Perdoar, ser perdoado, o que quer que seja, mas tens de voltar... Eu evitei o passado e esbarrei-me com ele num passo mal direccionado... E não tenho forma de voltar atrás, não consigo remediar o mal que já nos foi feito... E já te não posso levar comigo para mais uma caminhada, mas posso pedir-te que me dês um sentido, uma direcção menos torta... Posso pedir-te que sejas, só mais uma vez, o meu ponto de partida....

Sem comentários:

Enviar um comentário

Às vezes dá aquela vontade muito miudinha de desaparecer... Desaparecer porque nos resta nada... Não há esperança, não há mais caminhos, não...