quarta-feira, 20 de junho de 2012

Há duas linhas que separam (Snif..)... há uma linha que separa (Snif...)... Não há merda de linha nenhuma que separe o que quer que seja, vive... Não te deixes limitar pelos limites dos outros!! Que se lixem todas as linhas, todos os limites impostos, todos os horizontes limitados, todos os vícios agarrados... Esquece os valores de uma sociedade que te não dá nada... Não te imponhas limites, a única forma de seres melhor, é fazeres o que a sociedade censura, é seres aquilo que eles queriam (não o são por falta de coragem), sem medo do que te possam chamar na rua!! Vive!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Às vezes dá aquela vontade muito miudinha de desaparecer... Desaparecer porque nos resta nada... Não há esperança, não há mais caminhos, não...