terça-feira, 10 de janeiro de 2012

In the end

No fim és capaz de perceber que o caminho se revelara, afinal, bem mais fácil do que parecia. Descobres que perdeste parte da tua vida a viver a vida dos outros, mas apercebes-te também que foi esse tempo por ti "perdido" que te levou ao que és hoje e hoje, oh, hoje percebes que sem esse tempo "perdido" o caminho teria sido outro e agora podias não ter essa, talvez errada, sensação de felicidade, que mais não é que o consolo das vidas dos outros.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Às vezes dá aquela vontade muito miudinha de desaparecer... Desaparecer porque nos resta nada... Não há esperança, não há mais caminhos, não...