segunda-feira, 4 de abril de 2011

Desculpem-me

Se compreendo aquelas pessoas que estranhamente
conseguem ser felizes só com o facto de estarem
a prejudicar alguém?? Compreendo claro!!
Percebo perfeitamente que em vez dessas pessoas
viverem a sua miseravelzinha vida, se queiram
meter na vida de outra pessoa qualquer, nem que
seja apenas para tentar afectar um bocadinho o
mundo dessa mesma pessoa, que por acaso se abstém
um bocadinho do que os outros fazem ou deixam de
fazer. Pois bem, essa outra pessoa que os pequeninos
miseráveis a muito custo tentam afectar por norma
não obtêm grande sucesso, bem pelo contrário,
geralmente acabam por ser vitimas dos seus próprios
esquemazinhos básicos, até porque esse outro,
aquele que evita meter-se na vidinha doutros, tem
por norma nao ter problema em admitir os "erros",
se assim lhes pudermos chamar, que vai cometendo.
Pois bem, queria apenas frisar que por muito que
tentem virar o meu mundo, ele já por si só vira,
mas vira para o lado que quero, nao deixo que
me empurrem para aí, para onde me desejas "ter".
É com muita pena minha que desiludo aqueles que
tentam "prejudicar-me", até porque se o fazem
é porque realmente não devem ter muito que fazer
além disso detesto desiludir os que me são próximos,
mesmo que sejam proximos apenas para me prejudicar,
porque de qualquer forma nao me deixam de ser
importantes, mas tenho mesmo mesmo de o fazer.
Desculpem...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Às vezes dá aquela vontade muito miudinha de desaparecer... Desaparecer porque nos resta nada... Não há esperança, não há mais caminhos, não...