sábado, 9 de janeiro de 2016

A vida vem por ali... De mão dada com o tempo.. A sorrir... A realidade vem atrás... E os nossos sonhos andam por ali... E vem a vida e o tempo e a realidade... E nós só temos um sonho... Um sonho e um amor que ainda não conhece limites... Temos a vontade de quem sentiu a perfeição por entre os braços... E temos o calor do sorriso mais lindo do mundo... Os sonhos, apesar de nunca terem sido, são perfeitos e, na nossa inocência, completamente tangíveis... Julgamos-nos felizes... Julgamos ter tudo... 
Mas vem a realidade... Bate de frente com o sonho... O amor abana mas não cai... É o nosso amor... É o nosso sentimento construído calmamente  por entre a confusão, sabemos que é forte, sabemos que é indestrutivel, sabemos que é perfeito... Mas a realidade acaba por nos esfregar na cara que por muito grande que possa ser e que por muito lindos que possam ser os sonhos não são nada à beira dela... Esfrega-nos na cara que demos tudo e não somos nada... Somos amor... Amor perdido, amor sozinho... Somos pais de um sentimento órfão... Ficamos com o amor para nós porque não chega para mais nada... Podemos amar... Amar muito... Podíamos entregar a nossa vida na construção de uma vida perfeita... Mas não chega... A vida mostra-nos, dia atrás de dia que somos pouco... Que somos menos... E ficamos assim... E vamos vivendo assim, a morrer devagarinho.. Até ao fim... 

Sem comentários:

Enviar um comentário