quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Corridas

Noites de uma corrida, onde nem sempre coerência sai a ganhar, onde o coração se despista em linha recta, onde os sentimentos perdem o sentido de orientação e onde a única solução pareces ser tu, como noutras situações, a saída parece sempre ser "a outra" e vamo-nos esquecendo que a saída depende de nós e da nossa vontade lá chegar!

Sem comentários:

Enviar um comentário