quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Promessas

E com o começo deste novo ano, todas as promessas que eu havia feito no ano
anterior pareciam ter ficado por ali, era altura de renovar os "votos" para este
novo ano... Ao que parecia, continuar a ser inconsequente e a agir depois de
tudo correr mal, seria o futuro, seria novamente a forma de levar mais este ano.
À meia noite parecia ser altura de pedir mais um desejo, esquecendo tudo o
que não fizemos pelo desejo anterior, até porque lhe demos um ano de validade.
E nesta noite pedimos outro, só mais um, como se eles caíssem do nada e no
meio de uma "tchim tchim" o universo suspirasse para o nosso desejo... E é
no meio de tudo isto que bates de frente contra tudo aquilo que querias que
tivesse acontecido e não aconteceu... É nessa altura que te dás conta de que
a única coisa que fizeste para que se concretizasse um desejo foi um "tchim tchim".
Se calhar não chega, mesmo que até partas o copo, só para dares força ao
suspiro universal... E dá-mo-nos conta que vamos, ao final de contas ter de
lutar... E foi isso que aprendi, um bocadinho tarde, depois de uma situação mais
complicada que devemos começar a tornar-nos conscientes não só pelo que
pedimos, mas por aquilo que outros pedem, porque não estamos sozinhos!

Sem comentários:

Enviar um comentário