sexta-feira, 16 de julho de 2010

O Homem de hoje





E aí andas tu...
Vestido com aquilo que essa
merda de sociedade te ensinou
ser de qualidade e bom gosto.

Rodeado por uma massa uniforme
que te incentiva a seres esse
"nada" bem vestido, sim porque
nao passas de um merdas bem vestido
para aqueles que conseguem ver
através dessa máscara ridicula
com que orgulhosamente te passeias
pelo mundo daqueles que nada conseguem ver...

Essa merda de sociedade que te educa
e que faz de ti essa puta dessa futilidade
que te consome até á alma...
Aí andas tu...

Perguntaste, acaso, o real preço
dessa merda que te caracteriza?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Soltamos das paredes da imaginação o quadros com os sonhos... Caminhamos por caminhos que nunca tinham sido nossos... Deixamos quem éramos l...